Skip to Content

Resultados da busca por tag:  sala-de-estar-e-jantar

27
out

 

OBJETERIA-PUFES-01

Com eles não tem espaço impossível de ser ocupado, nem tarefa que não possa ser desenvolvida. Com eles não tem preguiça, muitos bem pequenos, outros nem tanto, mas todos em geral fáceis de levar de cá para lá, de lá para cá.

OBJETERIA-PUFES-02

Os pufes oferecem um lugar a mais para as visitas, servem de apoio para os objetos, e  deliciosamente descansam nossos pés. Tem uns que na sala servem tanto de mesa de centro para acomodar a bandeja, o suco, o sanduíche, o computador, as revistas, como entram muito bem como um prolongamento do sofá. Nos quartos, quer coisa melhor que passar creme no corpo ou nos pés, ou no rosto, sentada num gracioso e confortável pufe.

(mais…)

23
out

OBJETERIA-AD-00

Mudar, desejar, enjoar, idealizar, se frustrar, cansar, renovar, faz  parte da vida e consequentemente também do processo de decoração. Aspectos de extrema importância que refletem as capacidades humanas de sonhar,  de evoluir, de conquistar, de projetar, de criar, de fazer, etc.

OBJETERIA-AD-01

OBJETERIA-AD-02

Cada mudança na casa, seja ela pequena ou grande, carrega a possibilidade de nos conhecermos melhor, de criarmos “nosso mundo no mundo” mais próximo de  nossas reais vontades, desejos e necessidades no momento presente. Se não é este objeto, esta estampa, esta cor de parede, este quarto, esta sala,  então qual será o que lhe trará  alegria, conforto, bem-estar?

OBJETERIA-AD-06

OBJETERIA-AD-10

Não deixe de observar a sua casa, não se acostume com ela. Há que se atribuir significado à experiência de estar em casa. Qual é o seu estilo? Como você deseja viver? Assim como na escolha e uso de um vestido, um sapato, um acessório, ao usarmos, ao  convivermos com um objeto de decoração, um móvel, um utilitário, um ambiente o processo de questionamento deve se fazer presente. E é o mesmo. Esta peça me é importante, por que? Estou me sentindo confortável e  sentindo prazer neste ambiente? Este objeto me traduz, me personifica para o mundo?

OBJETERIA-AD-03

OBJETERIA-AD-12

E o percurso de busca pelo que você realmente gosta é um processo tanto mental quanto físico. Observe, olhe, ouça, reflita, reconstrua,  experimente. Sendo o melhor estilo para si e para sua casa aquele que é resultado de um movimento, provocado por você, internamente, ou pela sua experiência concreta e diária. Um novo projeto, um novo objeto, um objeto antigo com cara nova, deve corresponder ao seu  processo de renovação.

22
out

OBJETERIA-LÂMPADAS-01

Simples, simplesmente, delicadamente, prá que mais se assim na sua transparência, na sua simplicidade, as lâmpadas são muito lindas. Luminosas, iluminadas, iluminantes, brilhantes…

OBJETERIA-LÂMPADAS-12

OBJETERIA-LÂMPADAS-10

Soquetes, este objetinho que carinhosamente envolve parte da lâmpada e por um fio se prende ao teto, a parede, ou a qualquer outra local. Espaços acolhem  a lâmpada, o fio e o soquete e se enchem de luz e graça.

OBJETERIA-LÂMPADAS-09

OBJETERIA-LÂMPADAS-08

Fios que seguram,  que penduram, que acolhem na sua ponta as lâmpadas e os soquetes.

OBJETERIA-LÂMPADAS-07

OBJETERIA-LÂMPADAS-06

Lâmpadas que iluminam, que clareiam, que dão forma, que tem a sua forma , as suas cores, as suas sombras, as suas histórias, as suas memórias.

OBJETERIA-LÂMPADAS-11

OBJETERIA-LÂMPADAS-04

Lâmpadas, fios e soquetes, que iluminam espaços, que enfeitam e emolduram ambientes, que aquecem  as casas, os lares de verdade, de ontem, de hoje e de amanhã.

OBJETERIA-LÂMPADAS-02

OBJETERIA-LÂMPADAS-03

Lâmpadas, fios e soquetes, simplesmente….

13
out

OBJETERIA-CADEIRAS-01

Resolvemos hoje falar de uma peça básica e extremamente necessária em toda casa, mas que muitas vezes  fica relegada a um segundo plano, literalmente  embaixo da mesa.

OBJETERIA-CADEIRAS-00

OBJETERIA-CADEIRAS-02

Esta bem que ela não é exatamente um objeto, é sim um mobiliário, mas como aqui no Objeteria  tudo o que possa deixar  a casa com cara de lar é o que vale. Com vocês, as cadeiras.

OBJETERIA-CADEIRAS-03

OBJETERIA-CADEIRAS-04

Antes de se apaixonar pelo estilo da peça, analise e sinta o conforto.  Ninguém aguenta ficar muito tempo sentado se a cadeira não for boa. Além de uma leve inclinação no espaldar,  o assento deve ficar no mínimo a 22 cm do tampo ou da saia da mesa. Atenção ao modelo de costas. A maior parte do tempo ela vai permanecer assim.

(mais…)

Página 4 de 512345