Diversos são os motivos que levam um filho a trocar de quarto, mas a chegada de um bebê novo na família é o principal deles. Nessas horas, o quarto de hóspedes ou escritório perdem a vez e é necessário adaptá-los para receber o João, Felipe, Gustavo, Antônio, etc.

Não importa o nome, a nacionalidade e nem o endereço, um quarto de menino precisa ter além de personalidade, praticidade e organização. É muita energia, muito brinquedo, muitos amigos. Uma hora é o video-game, outra hora o lego, daqui a pouco é hora de desenhar, tudo em uma única tarde de brincadeiras.

Na hora de mudar, renovar e inovar leve sempre em consideração a idade do garoto, procure fazer algo que dure um certo tempo, que não seja maduro demais para este momento, e nem infantil demais para daqui cinco anos.

Neste caso, o quarto de hóspedes era bem neutro. Piso, parede e móveis claros deixavam o ambiente frio e pouco aconchegante. Optamos por aquecer o espaço com um piso laminado, assim a criança pode brincar no chão e andar descalça confortavelmente. A parede recebeu papel de parede de bolinhas, e os objetos com as preferências temáticas deixaram o quarto com a cara do “proprietário” (é bem assim que eles se sentem!)

antes-e-depois-objeteria-quarto-menino

Os nichos abertos e organizados evita o bate-bate de portas, já que todos sabemos que, pelo menos nesta fase, meninos não são as criaturinhas mais cuidadosas que existem. Use cestos e caixas para organizar os brinquedos, assim eles jogam tudo ali dentro e o quarto continua organizado.

quarto-meninos-objeteria-caixa-brinquedos

Evite escolher um tema único para o quarto, isso faz com que a decoração dure mais. É mais fácil você mudar uma caneca do Batman do que um papel de parede de ursinhos, certo? Aposte nos objetos, canecas, quadrinhos, almofadas  e deixe o quarto do seu filho do jeitinho que você e ele merecem, lindo, prático e organizado.

quarto-menino-decoração-objetos