Skip to Content

Resultados da busca por tag:  lembrancas

25
ago

No começo os pratos eram de barro, depois de cerâmica branca.  Com o tempo  alguns com as bordas trabalhadas, outros com fios dourados nas suas margens.

OBJETERIA-PRATOS-FOTO-08d618f478fa5fb4718e109f9ef6e24b25

Hoje pássaros, flores,  zigue-zagues, poás, outros bichos, estampas, inauguram um período efervescente em que o design dos pratos  despertam tanta atenção quanto uma saborosa e bem apresentada comida no prato.

OBJETERIA-PRATOS-FOTO-02OBJETERIA-PRATOS-FOTO-03

Os pratos podem ser vistos não só na hora das refeições.  Com tamanho potencial decorativo todos são dignos de tomar as paredes. Cada qual com suas histórias e recursos. Uns simples, outros delicados, outros cheios de classe, alguns com histórias, assinados por designers,  artistas, nos  mais variados estilos.

OBJETERIA-PRATOS-FOTO-07OBJETERIA-PRATOS-FOTO-09

Eles estão sedutores como nunca. Pendure-os na parede de forma aleatória, aos poucos, ou numa disposição clássica junto à mesa de jantar, ou em fila, cobrindo de alto a baixo uma coluna, ou na horizontal  na parte superior de uma parede, numa composição com desenhos riscados em conjunto.

OBJETERIA-PRATOS-FOTO-06

Enfim, pratos  que ao subir as paredes enchem as mesmas de charme e personalidade. Ou exponha-os sobre um móvel com o merecido destaque.

OBJETERIA-PRATOS-FOTO-10

17
jul

Em vez de sair pendurando telas, gravuras e fotografias aleatoriamente para compor arranjos de paredes por que não planejar? Fotos  bem selecionadas, uma composição bem feita  e  molduras interessantes e bonitas  evocam sensações , personalizam e  dão identidade à decoração.

FOTO3

Retratos de família, imagens de viagens  e cenas do dia-a-dia podem se tornar a atração dos ambientes.  É certo que para expor fotos, mais especificamente nas áreas sociais é preciso certo  cuidado.  É o que dizem alguns profissionais. Porém, como nossa intenção é mostrar várias propostas, aqui esta  outra opinião.  Que regras à parte  fotos ficam lindas no hall de entrada de apartamentos, em salas de TV, em salas de estar, em quartos, em corredores.

FOTO4

Uma composição bem montada tem tudo para dar certo quando você organiza antes de começar a colocar os pregos nas paredes. Recorte no papel pardo os tamanhos das molduras e quadros que você quer pendurar, monte a composição no chão e vá levando isso para a parede com uma fita crepe. Composição definida, calcule o lugar de cada prego e martelo nele. Se possível, use mão da fita dupla face, assim você evita furos nas paredes. Mas atenção, precisa ser uma fica dupla face resistente e própria para isso.

FOTO2

A função que desejamos dar a exposição das imagens deve ser a  base para a escolha das fotos e imagens, assim como para a escolha da forma como serão expostas e material no qual serão emolduradas. Volta ao mundo em cliques, uma árvore genealógica dá as boas-vindas, momentos de encontro e prazer, momentos importantes da vida dos moradores,  acompanhando o crescimento dos membros da família, a família e os amigos, são alguns dos fios condutores para a escolha.

FOTO5

 

Diversas são as maneiras com que você pode compor, explore as possibilidades, use a criatividade e não se preocupe se um dia você olhar e achar que cabe mais um, sinal que a vida te trouxe novidades!

FOTO6

12
jun

Com a copa dominando o mundo o dia dos namorados chegou e você ainda não comprou o presente, certo? Ainda dá tempo! Abra aquela gaveta que você guarda sua história de amor, organize uma gaveta de lembranças, pendure na parede e seu presente está pronto e ainda por cima… original, feito por você! Para homens e mulheres, personalize e deixe a gaveta a cara da pessoa amada.

FOTO2

Se não couber tanto amor em uma só gaveta, não tem problema, faça várias, um conjunto de gavetas, praticamente uma estante! Você pode pintar a gaveta com uma cor e puxadores com outra, pode revestir o fundo da gaveta como quiser, pintura, tecido… Pode colar uma cortiça ou uma chapa metálica, assim sua gaveta verá um mural. Use a criatividade! Gaveta ou gavetas prontas é hora de colocar tudo dentro dela… desta vez para mostrar, não para guardar! Bilhetes, cartas, fotos, flores, objetos, lembranças, memórias… amor!

FOTO3

Se você gostou da ideia, explore em outros ambientes também… No banheiro, quarto de crianças e até na cozinha para organizar temperos!

FOTO4

Feliz dia dos namorados para todos os apaixonados!

08
mai

Nasci numa cidade do interior, família grande, meus pais, sete irmãos, muitos sobrinhos, muitos tios ,primos, agregados, amigos e conhecidos. Época em que a rua era um grande espaço de convivência.

Casa grande, muitos quartos e salas, a de visita menor, com sofás, bem definida que era para receber, cozinha grande, com a mesa também grande  e os fogões (aliás, eram duas cozinhas), numa delas, bem nos fundos, um fogão a lenha. Nos fundos e nas laterais  um grande quintal e, na frente uma varanda com “aquelas 4 cadeiras de ferro”.

Pintadas de tempos em tempos, às vezes de branco, outras de um azul ou verde bem clarinho, com almofadas  “de napa”, algumas vezes feitas pela minha mãe, outras pelo “seu Zezo” estofador que morava na casa da frente, aliás mais amigo que estofador.

Cadeiras de ferro  trabalhado, com algumas folhas desenhadas, confortáveis. Para mim, pelo aconchego que sinto ao sentar nelas juro que tem ergonomia, da alma quem sabe. Nelas sentávamos,  as crianças para brincar, já adolescentes para “bater papo”,  os adultos nos fins de semana, à noite, em dias quentes. Cresci, me formei, casei, montei  minha casa e trouxe,  com a ordem de minha mãe,  as cadeiras de ferro.

Tive uma filha, de quem hoje sou parceira de trabalho, assim como meus pais e irmãos sempre foram parceiros, no açougue, na loja, no campo. E cá esta uma das cadeiras de ferro, linda, firme e atual num azul turquesa com uma almofada xadrez  rosa…de tecido, afinal  hoje a varanda que ela ocupa….é a do coração da gente…

Ontem… Na sacada de casa.

foto6

foto7Hoje aqui no escritório…

foto-1

foto5

foto4